Água mineral não é tudo igual. Escolha a sua

AGUAEMPEÁgua potável é tudo igual? Não. Até mesmo as águas minerais industrializadas e vendidas no comércio têm características distintas entre si, que podem fazer grande diferença na manutenção da boa saúde. Um dos fatores importantes ao se avaliar a qualidade do produto é o nível de pH. Quanto maior o índice, mais saudável para o organismo, dizem os especialistas.

Um Portaria do Ministério da Saúde recomenda que, no sistema de distribuição de água potável, o pH seja mantido na faixa de 6,0 a 9,5. Mas, segundo o professor Milton Matta, da Universidade Federal do Pará, para contribuir com a manutenção da boa saúde a longo prazo, o ideal é que esse índice esteja, no mínimo, acima de 7, o que garante a alcalinidade do produto.

Estudos científicos indicam que a água alcalina é a mais benéfica à saúde. Numa pesquisa recente, publicada na revista PLOS One, em 2016,  foram avaliados os efeitos da administração oral de uma água alcalina no crescimento do melanoma (câncer de Pele). A água alcalina foi administrado diariamente por via oral, começando uma semana após a implantação do tumor nos camundongos.

A acidez dos tumores foi medida por método guiado. Além disso, o pH da urina foi monitorada durante o estudo para potencial alcalose metabólica (efeito colateral presumível da água alcalina). A administração da água alcalina reduziu significativamente o crescimento do melanoma nos camundongos. Os resultados foram apoiados por experiências in vitro, em que as culturas de células de melanoma humano e de camundongos tratados com água alcalina exibiram uma inibição dependente da dose do crescimento de células tumorais.

 

Para saber o grau de alcalinidade da água mineral industrializada, é preciso olhar a informação a respeito do nível do pH, que se encontra no rótulo, muitas vezes, em letras miúdas.

Share Button