Compartilhamento de bicicletas chega aos condomínios

CompartilhamentoDeBikesNiterói ainda não tem um sistema público de uso compartilhado de bicicletas, apesar de a cidade investir na ampliação da malha cicloviária. Independentemente disso, seu condomínio pode, sim, instalar um mecanismo de compartilhamento de bikes só para os condôminos. E já há até uma empresa especializada nisso.

Quem oferece o serviço é a Tembici. A empresa atua em todo o Brasil e já implementou seu sistema em condomínios residenciais e comerciais de São Paulo, Minas Gerais e Paraná.

Em cada condomínio, o sistema pode ser personalizado, de acordo com o perfil dos usuários. Em geral, seu funcionamento é semelhante ao do compartilhamento público de bicicletas em cidades, como o BikeRio, adotado no Rio de Janeiro.

Para utilizar a bicicleta, o condômino precisa fazer um cadastro e criar uma senha, que deve ser digitada na hora de retirar a bike, junto do número da casa, apartamento ou escritório. A empresa sugere que o tempo pré-determinado para o uso das bicicletas seja de 1 hora para dias de semana e 2 horas nos sábados e domingos. Mas há a possibilidade de quem quiser ir de casa para o trabalho de bike possa passar o dia com a “magrela”.

Por ser um serviço exclusivo do condomínio, as bicicletas contam com um cadeado para que o usuário possa prendê-las em algum lugar quando estiver na rua. A empresa também oferece manutenção e revisão periódica da frota e das estações.

Share Button