Nova câmera “lê” placas de veículos e reforça segurança em condomínios

AcessoDeVeiculosUma tecnologia inovadora de leitura automática de placas por meio de uma câmera especial é a mais nova aliada de síndicos interessados em investir no aumento da segurança e do controle do acesso de veículos nos condomínios.

O equipamento é resultado de uma aliança entre a desenvolvedora brasileira de tecnologia Pegasus e a fabricante sueca Acis Comunications.

O sistema, batizado de PlateView Embedded, impede a entrada de veículos não-cadastrados e registra os horários de entrada e saída dos carros com cadastro, permitindo que o porteiro se concentre em outras funções.

A tecnologia permite um controle mais rigoroso de acesso de fornecedores, empregados e visitantes em condomínios verticais e horizontais.

A própria câmera processa e armazena as imagens, com resolução Full HD. Entre a leitura da placa e a liberação do portão, o tempo total é de até dois segundos. A gestão das listas de placas é feita através de uma interface em Português, que permite acrescentar ou retirar autorizações facilmente.

“Se um contrato de aluguel se encerra, por exemplo, é possível listar a placa do veículo do ex-morador para impedir seu acesso, mesmo que ele conheça o porteiro”, explica Amaro Monteiro, diretor da Pegasus Tecnologia.

Além disso, todos os horários de entradas e saídas de cada veículo ficam registrados no cartão de memória inserido na câmera, cada uma com espaço para cadastrar até mil veículos.

Condomínios que preferirem manter seus atuais sistemas de controle de acesso veicular, automatizados ou não, poderão utilizar a nova tecnologia de leitura de placas como um reforço à segurança atual. Quando o sistema identificar um veículo não autorizado, poderá enviar um alerta à portaria ou e-mail ao síndico, sem necessariamente impedir o acesso.

Para Andrei Junqueira, gerente de Vendas da Axis, a possibilidade de utilizar a solução tanto para o controle de portões quanto apenas reforçando a segurança dos moradores com alertas mostra que o lançamento pode ser aplicado em qualquer situação.

“Não importa se o condomínio prefere controlar o portão por outros meios: agora, os moradores podem proteger seu espaço contra o ingresso de prestadores de serviço desautorizados, visitantes indesejados e qualquer veículo usado por potenciais criminosos”, afirma Junqueira.

Share Button